[

]Surf cuture art music photo
Hang Loose - 09/02/2012

Hang Loose Pro Contest - Empate nos 24 melhores | Day 3


Gabriel Medina - foto: Daniel Smorigo

Os 24 melhores surfistas do Hang Loose Pro Contest foram definidos em tubos incríveis nas ondas épicas de 6 pés sólidos da manhã da quinta-feira na Cacimba do Padre. Os brasileiros conseguiram igualar o número de estrangeiros na lista dos candidatos ao título da primeira etapa do ASP World Prime 2012 em Fernando de Noronha (PE). Todos agora têm duas chances de classificação para as oitavas de final, doze do Brasil e doze de outros sete países, Austrália, Estados Unidos, Havaí, Taiti, França, Alemanha e Porto Rico.

A competição foi paralisada por causa da maré seca por volta das 11:30 horas com o término da segunda fase e a dos 24 melhores só foi iniciada as 13:30 horas, quando a maré voltou a encher para a Cacimba do Padre apresentar os tubos sensacionais que rolaram pela manhã na quinta-feira. A primeira onda do dia já foi um tubaço surfado em pé pelo pernambucano Bruno Rodrigues que valeu nota 8,67 e a vitória na bateria.

"Eu já estava ligado que aqui em frente a laje no meio da praia iam rolar os tubos", contou Bruno Rodrigues. "O Pigmeu (Bernardo Miranda) e o Fabinho (Fabio Gouveia) já tinham me dado o toque e eu botei pra baixo mesmo. Essa primeira onda foi animal, o dia começou bem pra mim e espero que seja assim nas minhas baterias, que eu consiga achar boas ondas para ver até onde posso chegar".

O cabeça de chave número 1, Gabriel Medina, brilhou na disputa seguinte, aumentando o maior placar do campeonato para 18,43 pontos com notas 9,60 e 8,83 em duas esquerdas sensacionais, surfando os canudos da Cacimba do Padre com uma tranqüilidade impressionante. Ele não deu qualquer chance aos três estrangeiros da sua bateria. O australiano Stu Kennedy passou em segundo lugar, mas o neozelandês Jay Quinn e o norte-americano Michael Dunphy saíram da briga pelo título do Hang Loose Pro Contest 2012.

"As ondas estavam boas e consegui achar vários tubos", disse Gabriel Medina. "Eu estava me sentindo bem à vontade e deu tudo certo pra mim. A prancha estava boa também, então estou amarradão. Hoje (quinta-feira) o mar está mais certinho, dá para ver bem as ondas, as séries entrando, então era só entrar nos tubos e sair deles. Foi muito boa a bateria".

veja mais . . .

Nome:
E-mail:
Comentário:
Comentário enviado com sucesso!
Aguarde a aprovação!